2

Sandra Mencucci is our Marketing Manager. We see her as a determined person, a real fighter. She’s part of Inspira Santa Marta Hotel’s growth history, and her life is full of exciting turns. We spoke to her and asked for details about this particular chapter, the one that brought her to Portugal. She opened up her life’s history book to us.

“I was living in Chicago when my husband received an offer to work in Portugal. I knew the country already because I had been there on a school trip, back in 1995, and I had great memories from that period. At this point, we also learned that a former colleague was embracing a new project in Lisbon, a sustainable hospitality unit. I checked out its website, I found the manifest and I fell in love immediately. It was such a groundbreaking project, and so representative of my own life and spirit.”

“Sustainability and Social commitment were already important parts of my life. I always have done selective waste separation and I’m involved with NGO Plan, where I became godmother of several children in need. Inspira pushed me to take more comprehensive actions and leave off any shyness when the subject is to educate family and friends to these matters.”

5

At Inspira, Sandra started to work as Sales & Marketing Trainee, but she was already carrying 15 years of experience in tourism, as Rooms Division Manager in an international hotel chain. The real challenge, back then, was to be a trainee again as well as the fact that she did not speak the language. “My first months were a real nightmare, trying to understand what people were saying… it was very difficult, I think I felt the same that any foreign person feels when is trying to make its way in a new country, discovering a new culture.”

From the life she has chosen, we can highlight the great joy she feels for working in Portugal, in Lisbon and at Inspira Santa Marta Hotel”. Outside the hotel, Sandra amuses herself practicing her pastry skills, “baking and eating”, and running “to burn the cake calories”, she admits, laughing.

Even after walking a bunch of roads of this planet, her dream trip keeps being to travel all over the world with her husband and three sons in a van. Maybe that is the reason why she keeps getting emotional when she hears about backpacking experiences, people who choose not having as home, a life so detached from the material world we know. The soundtrack of this journey will certainly merge some of her favorite French popular music, the modern Portuguese Fado and some of the classical music she loves.

By this time of farewell, when the last words of this Portuguese chapter are being written, and it’s time to take a plunge into a whole new project, Sandra reveals that she is “no longer the same person, I gained many habits of the “portuguese way”, the empathy, simplicity and cordiality… and of course… I also adopted the habit of being systematically late!!

Sandra’s message to the entire team is to keep “Doing the Right Thing, at Inspira, at home…wherever it is. This is the right way to walk.”

6

A Sandra Mencucci é a nossa Responsável de Marketing. Determinada e lutadora, a Sandra é uma daquelas pessoas a quem chamamos “da casa” e a sua vida está repleta de empolgantes capítulos! Quisemos saber mais sobre este capítulo particular que a trouxe até Portugal, e a Sandra abriu-nos o seu livro de histórias.

“Vivia em Chicago quando o meu marido recebeu uma proposta de trabalho em Portugal. Eu conhecia o país por ter feito uma viagem de estudo em 1995 e tinha boas recordações. Por acaso, descobrimos que um ex-colega estava a iniciar um projecto novo, um conceito de hotel sustentável. Fui consultar o website do Inspira, descobri o manifesto e apaxonei-me de imediato pelo conceito inovador e tão alinhado com o meu espírito de vida.”

“A sustentabilidade e responsabilidade social já faziam parte da minha vida. Sempre fiz separação selectiva de resíduos, e estou muito envolvida com a ONG Plan, através da qual sou madrinha de crianças carenciadas. O Inspira ajudou-me a ter uma acção ainda mais abrangente e também a deixar de lado a timidez quando se trata da sensibilização/educação dos meus familiares e amigos.”

No Inspira, começou por trabalhar como estagiária em Sales & Marketing, mas, na bagagem, a Sandra já trazia 15 anos de experiência como directora de alojamento num grupo hoteleiro internacional. O verdadeiro desafio com que se deparava por esta altura era voltar a ser estagiária e o facto de não falar português. “Os meus primeiros meses foram um pesadelo a tentar perceber o que diziam à minha volta… Passei por momentos difíceis que, certamente, todos os estrangeiros enfrentam quando se tentam estabelecer num novo país, com uma nova cultura.”   

Desta vida que abraçou, podemos reter o imenso gosto que é “trabalhar em Portugal, em Lisboa e no Inspira Santa Marta Hotel”. Fora do hotel, a Sandra diverte-se a praticar os seus dotes de pastelaria, “a fazer e a comer”, e a treinar a sua corrida, “para eliminar os bolos que como”, confessa entre sorrisos.

Depois de já ter passado pelos “4 cantos do mundo”, a sua viagem de sonho é descobrir de quantos mais “cantos” se faz este planeta, numa auto-caravana com o seu marido e os 3 filhos. Talvez por isso se deixe emocionar pelas histórias de quem anda pelo mundo de mochila às costas, sem casa, sem amarras, numa vida tão afastada do mundo material. A banda sonora desta viagem poderá ser um dos seus cantores preferidos da música popular francesa, ou um moderno fado português, voltando muitas vezes à música clássica, que adora.

Este é um momento de despedida,  agora que se começam  a escrever as últimas linhas que fecham este capítulo por terras lusas, para logo de seguida abraçar um novo desafio. E neste momento revela: “Acho que já não sou a mesma pessoa e que tenho adquirido uma certa Portugalidade, aliás empatia, simplicidade, cordialidade e … atrasos sistemáticos… !!”

Para aqueles que por cá ficam, a mensagem é “continuar a Doing the Right Thing, quer seja no Inspira, quer seja fora dele. Estou convencida que é este o caminho certo”.

O que é urgente mudar no mundo? O individualismo, o egoísmo

Por onde passa o seu futuro? Pelos caminhos do meu destino

Lema de vida There is no such word as can’t – uma mensagem de esperança